daredevil-season-2-costume2-large
Demolidor: segunda temporada para concorrer com a DC Comics?

Uma notícia triste chegou ainda ontem: a série Demolidor, exibida no Netflix em parceria com a Marvel Television foi cancelada e não terá uma quarta temporada. Mesmo o produtor executivo (e showrunner) Erik Oleson tendo escrito recentemente no Twitter que o programa iria continuar, um comunicado oficial do canal de streaming (via The Hollywood Reporter) confirmou o fim da série.

O comunicado diz:

O Demolidor da Marvel não irá retornar para uma 4ª temporada no Netflix. Estamos imensamente orgulhosos da mais recente e última temporada do programa e, embora seja dolorido para os fãs, sentimos que é melhor encerrar este capítulo no pico. Somos extremamente agradecidos ao showrunner Erik Oleson, os escritores do programa, a equipe estrelar e o incrível elenco, incluindo Charlie Cox como o próprio Demolidor, e somos gratos aos fãs que apoiaram o show ao longo dos anos. Enquanto a série no Netflix acabou, as três temporadas existentes permanecerão no serviço pelos anos que virão, enquanto o personagem Demolidor irá viver em futuros projetos para a Marvel.

O THR anota que a relação entre a Marvel e o Netflix degringolou nos últimos tempos por causa de diferenças criativas. Aparentemente, dois pontos foram cruciais: o canal de streaming sugeriu que a terceira temporada de Luke Cage tivesse apenas 10 episódios, em vez de 13, como é o normal; e o lançamento do próprio canal de streaming da empresa-mãe da Marvel, a Disney, por meio do Disney+.

O comunicado passa a impressão de que o fim da série não se dá por audiência baixa, o que reforça os elementos acima.

Além disso, a última frase diz que o Demolidor permanecerá em novos produtos da Marvel, o que pode indicar que a empresa continuará o programa de algum modo, seja o transferindo para o Disney+ – o que é muito provável – seja mudando-o para o cinema e colocando-o dentro do Marvel Studios propriamente dito.

Embora menos provável, esta última opção não é impossível, inclusive, quando ontem os diretores de Vingadores – Guerra Infinita, Joe e Anthony Russo, disseram numa sessão de perguntas e repostas após uma exibição pública do filme, que no início do projeto, o plano era fazer com que os Defensores (o conjunto dos personagens que formam [formavam?] o universo Marvel da Netflix: Demolidor, Jessica Jones, Luke Cage e Punho de Ferro) aparecessem no filme junto aos Vingadores. Não aconteceu, mas ideia foi discutida, o que mostra que as portas estão, sim, abertas em algum sentido.

O Marvel Studios – e não a Marvel Television – irá produzir minisséries para o Disney+, já tendo sido anunciadas Loki, Feiticeira Escarlate e Falcão & Soldado Invernal (enquanto é rumorizada uma quarta com Rocket e Groot), que terão alto orçamento e 6 episódios cada. Os Defensores poderiam também migrar para o serviço.

De qualquer modo, o cancelamento de Demolidor, mais ou menos um mês após a confirmação do cancelamento também de Luke Cage e Punho de Ferro, praticamente põe um fim no Universo Marvel da Netflix, já que Demolidor foi sempre o mais prestigiado e de maior sucesso entre todos os programas. Os Defensores não agradou muito ao público. Estão em produção atualmente a terceira temporada de Jessica Jones e a segunda de O Justiceiro, mas é muito provável que o canal de streaming pare por aí no quesito Marvel.

Uma pena!