Segundo o That Hashtag Show, o filme solo da Viúva Negra pode ser Censura 18 anos! Será?

O site diz que houve discussões sobre a aventura da ex-espiã russa que se torna uma vingadora ser destinada ao público adulto, como já o foram os dois filmes de Deadpool.

Embora a personagem caísse muito bem em tal abordagem, honestamente, isso não vai acontecer. A Viúva Negra já está muito bem firmada no imaginário do público e os filmes da Marvel e dos Vingadores são tipicamente “família” e seria muito difícil dissociar essa abordagem e evitar que as crianças quisessem ver Natasha Romanoff abrindo buracos à bala no corpo dos inimigos, decapitando oponentes e usando o sexo (explícito) como uma arma de sedução e cilada para eliminar alvos masculinos. Ou femininos.

Ter duas abordagens distintas do mesmo personagem (família x adulta) funcionária sem problemas nos quadrinhos, mas o cinema e seu marketing não sabem fazer isso.

Seria muito bom poder ver a verdadeira Viúva Negra em ação e não sua versão adocicada dos filmes, mas é preciso entender as demandas do mercado e o público alvo.

Viúva Negra será um filme de origem e poderia ousar um pouco mais mostrando que Natasha foi essa outra versão em seu passado (o longa se passará nos anos 1990 e 2000), mesmo que isso seja mostrado de modo brando.

Black Widow será dirigido por Cate Shortland sobre um roteiro de Jac Schaeffer. Além de Scarlett Johansson, não há nomes escalados, mas é possível que nomes como Samuel L. Jackson (Nick Fury), Sebastian Stan (Soldado Invernal) e Jeremy Renner (Gavião Arqueiro) são nomes bem prováveis. As filmagens estão agendadas para iniciar em fevereiro próximo. A estreia do filme será em 1º de maio de 2020.