O site Making Star Wars, especialista em boas notícias de Star Wars, afirma que o popular personagem Obi-Wan Kenobi pode ganhar uma série de TV no novo canal de streaming Disney+, da empresa mãe da LucasFilm. A série irá adaptar o que seria o filme solo do Mestre Jedi que foi posto na gaveta após o fracasso de bilheteria de Han Solo – Uma História Star Wars.

O site garante que o ator Ewan McGregor, que viveu uma versão jovem de Obi-Wan na Trilogia Prelúdio, entre 1999 e 2005, está à bordo do projeto; e que o roteiro existente para o filme é muito bom.

A série seguiria o estilo que está sendo desenhado para os programas do Disney+: produtos com grande orçamento e média de 6 episódios.

Até agora, além de reunir antigos produtos de Star Wars, como os desenhos Clone Wars e Rebels, já está em desenvolvimento a primeira série de TV live action de Star Wars, The Mandalorians, que trará os famosos aventureiros de armadura do título e se passará após os eventos de Star Wars – Episódio VI: O Retorno de Jedi, o encerramento da Trilogia Clássica da saga.

Já a trama de Obi-Wan Kenobi irá se passar em algum lugar nos 20 anos entre Star Wars – Episódio III: A Vingança de Sith (o encerramento da Trilogia Prelúdio) e Star Wars – Episódio IV: Uma Nova Esperança (a abertura da Trilogia Clássica), quando o Mestre Jedi se exilou secretamente no planeta Tatooine para vigiar o crescimento de Luke Skywalker, a maior esperança de combater o Império Galáctico e os Lordes Negros de Sith.

Obi-Wan foi vivido inicialmente por Alec Guinness nos filmes de 1977 a 1983, na versão “madura”, e ganhou a versão jovem de McGregor quase 20 anos depois. Atualmente, o ator britânico tem praticamente a mesma idade de seu antecessor quando fez o papel.

A Trilogia Prelúdio e o desenho Clone Wars ajudaram Kenobi a ser um dos personagens mais queridos da saga e o desenvolvimento de uma série do Mestre Jedi com certeza vai alegrar bastante os fãs, depois da decepção com o cancelamento dos spin-offs da saga após apenas duas tentativas: um sucesso esmagador com Rogue One e um grande fracasso com Solo.