Renato Russo, ex-líder da banda Legião Urbana e um dos maiores compositores do rock brasileiro, ganhará um Selo dos Correios nesta sexta-feira, em homenagem aos 59 anos que teria comemorado ontem.

Segundo o Estadão, em 2018 foram enviadas à população brasileira 700 opções de selos e a homenagem a Renato Russo foi uma das 34 votadas pela Comissão Filatélica Nacional e, em seguida, homologada pelo Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicação. O jornal também diz que, desde 2003, mais de mil sugestões de homenagem ao homem de frente da Legião Urbana foram enviados à Empresa Nacional de Correios e Telégrafos.

Em São Paulo, o lançamento do Selo se dará no Museu da Imagem e do Som (MIS), instituição que faz parceria com os detentores do legado do compositor e que produziram uma celebrada exposição sobre sua memória há alguns anos e que tem a promessa de rodar o Brasil em breve.

O Selo traz uma imagem de Renato Russo em um show da Legião Urbana em 1993, acompanhada no bloco por uma citação da canção Vinte e nove, composta por ele no álbum O Descobrimento do Brasil, lançado naquele mesmo ano.

Serão impressos uma tiragem de 70 mil blocos com valor de 2º Porte/ Carta Comercial, e podem ser comprados nas agências dos Correios e na Loja Virtual da empresa.

Renato Manfredini Júnior nasceu no Rio de Janeiro, em 27 de março de 1960, filho de um funcionário do alto escalão do Banco do Brasil, o que o levou a se mudar ainda criança para os Estados Unidos e viver por lá até o meio da adolescência, quando retornou ao Brasil e foi viver em Brasília. Figura chave do movimento punk da Capital Federal, adotando o codinome Renato Russo, fundou a banda Aborto Elétrico, em 1978 (a primeira banda punk de Brasília), e virou um ídolo local.

A Legião Urbana em seus primeiros tempos.

Após deixar a banda em 1981 e passar alguns meses se apresentando solo como O Trovador Solitário, Russo fundou a Legião Urbana em 1982, com o baterista Marcelo Bonfá, admitindo no ano seguinte o guitarrista Dado Villa-Lobos e, em 1984, o baixista Renato Rocha. A banda chamou a atenção da gravadora EMI e lançou seu primeiro álbum, homônimo, em 1985, sendo de cara um grande sucesso. Com o álbum Dois, de 1986, o grupo virou um fenômeno de vendas e, rapidamente, se tornou a principal banda de rock do Brasil e Renato Russo o mais carismático e importante compositor nacional.

Renato Russo morreu de uma combinação de contaminação com o vírus HIV e uma crise depressiva profunda em 11 de outubro de 1996, aos 36 anos, logo após o lançamento de A Tempestade, o oitavo álbum da Legião Urbana. O grupo encerrou as atividades imediatamente, mas a memória do compositor o manteve vivo e continua a ressoar entre o público jovem mesmo mais de 20 anos depois.

Conheça a Discografia Completa da Legião Urbana neste post especial do HQRock.