Vingadores – Ultimato anda a passos largos para se tornar a maior abertura de um filme na história do cinema. O filme que encerra A Saga do Infinito do Marvel Studios (22 filmes em 11 anos) já arrecadou até ontem (contando as pré-estreias) US$ 643,7 milhões, batendo o recorde de maior bilheteria em um único dia nos EUA, com US$ 156,7 (e a reboque, quebrando também os recordes de filme que mais rápido chegou ao 100 milhões e aos 150 milhões!) arrecadados apenas na sexta-feira. Tais resultados pavimentam facilmente para que a obra dos irmãos Joe e Anthony Russo atinja os US$ 1 bilhão já no fim de semana de estreia.

Ultimato também bateu um recorde na China, ao arrecadar US$ 107,2 milhões apenas no seu primeiro dia, sendo a maior arrecadação de estreia da história do país asiático que detém o segundo maior mercado do mundo.

Para se ter uma ideia do feito de Endgame (o título original), o filme arrecadou em apenas dois dias praticamente o mesmo que Liga da Justiça fez em toda a sua carreira nos cinemas, que foi 657,9 milhões.

Com a estimativa de chegar a US$ 1,1 bilhão no fim de semana de estreia coloca Ultimato como um fenômeno e um bom concorrente a disputar as primeiras colocações das maiores bilheterias da história.

Se a previsão se concretizar, Vingadores já vai ultrapassar seu antecessor, Capitã Marvel e ocupar a 25ª posição entre os maiores filmes de todos os tempos apenas com o fim de semana de estreia. Se formos pessimistas e pensarmos que a arrecadação cair 60% na segunda semana (que é um índice considerado muito ruim – pois o aceitável é na casa dos 45% ou 50%), ainda assim Ultimato vai chegar ao posto de quinta maior bilheteria da história apenas em sua segunda semana, ficando atrás de seu “irmão”, Vingadores – Guerra Infinita, que é o quarto colocado.

Como se sairá na disputa contra Avatar (2,78 bilhões), Titanic (2,18), Star Wars – O Despertar da Força (2,06) e Guerra Infinita (2,04), que ocupam as posições 1, 2, 3 e 4 do ranking?

Faça as suas apostas!

Leia a Resenha do HQRock sobre Vingadores – Ultimato, clicando aqui.