O Twitter pode ser a terra da fake news, mas usado com cuidado pode trazer muitas novidades. E é o que indica o usuário Roger Wardell (que muito provavelmente é apenas um pseudônimo), que publicou duas grandes notícias sobre Guardiões da Galáxia Vol. 3 e Doutor Estranho 2.

“Ah, mas é só um cara no Twitter”, você diz. Mas o Comic Book Movie se apercebeu de uma coisa: no passado recente essa conta revelou grandes furos de reportagem. Dois exemplos: ele disse que o ator John D’Arcy iria reprisar o papel de Edwin Jarvis (que viveu em Agent Carter na TV) em Vingadores – Ultimato e, mais importante ainda, descreveu o fim de Thanos no mesmo filme! Acertou os dois ainda no ano passado!

Então, o rapaz tem credenciais. É uma boa fonte no Marvel Studios.

Bom, o que ele diz agora?

A Anciã.

Que Doutor Estranho 2 trará as estreias de Clea e Jericho Drumm, dois importantes coadjuvantes nos quadrinhos, e que Clea será retratada como uma atriz asiática. Além disso, Tilda Swinton está em negociações para reprisar (de novo) o papel de Anciã no longa.

Seria um flashback? Ou algo relacionado ao uso do tempo?

E uma curiosidade: Stephen Strange usará suas típicas luvas amarelas dos quadrinhos!

Na verdade, o Doutor Estranho exibiu as luvas durante sua participação em Thor – Ragnarok, lançado um ano após sua estreia solo; mas em Vingadores – Guerra Infinita, Strange já estava com as mãos nuas de novo, exibindo as cicatrizes do acidente e das cirurgias.

Quanto a Guardiões da Galáxia Vol. 3, o filme também trará dois novos personagens: Rocket irá encontrar o seu criador, na figura do Alto Evolucionário; e Drax terá uma grande surpresa ao descobrir que sua filha está viva.

O Alto Evolucionário.

Nas HQs, o Alto Evolucionário é um vilão surgido nas aventuras de Thor, em The Mighty Thor 133, de 1966, criado por Stan Lee e Jack Kirby. Conforme revelado depois, ele era um cientista britânico do século XIX chamado Herbert Edgar Wyndham, que conseguiu quebrar o código genético humano e fazer experimentos nas quais evolucionava animais até se tornarem humanoides e racionais.

Sua história mais importante é A Guerra do Alto Evolucionário, publicada em 11 partes nas revistas anuais especiais da Marvel, em 1988, de personagens como Homem-Aranha, Vingadores, Vingadores da Costa Oeste, X-Men, X-Factor, Surfista Prateado, Quarteto Fantástico e Justiceiro, com roteiros de vários escritores, como Louise Simonson, Steve Englehart, Gerry Conway, Chris Claremont, embora o grande nome por trás da saga fosse o Editor-Chefe da Marvel na época, Tom DeFalco. Cada um dos 11 capítulos trouxe também uma história secundária (backup stories) na qual se contava toda a origem do vilão pela primeira vez, por Mark Gruenwald (textos) e Paris Cullen e Ron Lim (arte).

O Alto Evolucionário tem estreitas ligações, nos quadrinhos, com a origem da Feiticeira Escarlate e Mercúrio, dos Vingadores.

No filme é bem provável que o Alto Evolucionário não seja terráqueo, mas um alienígena.

Já a filha de Drax, nos quadrinhos, é a Serpente da Lua, que tem poderes telepáticos e foi membro dos Vingadores nos anos 1970 e início dos 80. Porém, nas HQs ambos são terráqueos, enquanto nos filmes Drax é um alienígena.