Em um verdadeiro conto de terror, começam a vir à tona mais detalhes do escabroso caso de Keya Morgan, o ex-empresário de Stan Lee, o lendário criador do Universo Marvel que faleceu em novembro de 2018. Segundo informações da Reuters, Morgan está sendo acusado pela procuradoria de Los Angeles por abuso de idoso, cárcere privado, fraude e falsificação contra a lenda dos quadrinhos.

Após gozar de fama e fortuna desde que criou a mais fervilhante das epopeias dos quadrinhos, Lee sofreu um bocado nos últimos anos. A despeito do senhor sempre sorridente que aparecia em público, o criador foi acometido por uma série de problemas graves em sua vida profissional, que envolvem ser abusado e explorado por seus próprios empresários e cuidadores.

Em 2017, Tom Lallas, o advogado que administrava os negócios do escritor foi demitido após acusações de roubar seu dinheiro e fazer coisas bem piores, inclusive, o bizarro caso de roubar sangue de Lee à sua revelia para usar como tinta na impressão especial de revistas para venda em um evento de quadrinhos!

Lallas foi substituído justamente Keya Morgan e o que seguiu ainda piorou mais. De cara, uma campanha difamatória contra Lee foi ativada – talvez por Lallas – o que resultou em uma série de notícias negativas sobre o The Man, como a de que sofria abusos físicos da própria filha; e o criador do Homem-Aranha até foi acusado de abusar sexualmente de uma enfermeira; no que parecia um ataque premeditado de vingança.

Mas a gestão de Keya Morgan não foi melhor: logo surgiram denúncias contra o empresário e a polícia de LA abriu uma investigação em junho de 2018, apurando denúncias de que Lee era mantido em cárcere privado, que foi obrigado a se mudar de casa, e que seguranças impediam o acesso de familiares ao escritor. À Morgan também recaem suspeitas de roubar dinheiro das contas de Lee, se aproveitando da saúde frágil.

Um Stan Lee bem jovem em começo de carreira.

Stanley Lieber nasceu em Nova York em 1922 e começou a trabalhar na Marvel Comics quando tinha apenas 17 anos. Além de faz tudo e office boy, terminou escrevendo histórias do Capitão América, que tinha sido criado por Joe Simon e Jack Kirby. Como tinha a ambição de ser um “escritor sério”, decidiu resguardar seu nome verdadeiro e adotou o pseudônimo Stan Lee. Décadas mais tarde, mudou legalmente seu nome para este. Quando Simon e Kirby partiram da editora, em 1942, a Lee coube ocupar o cargo de editor-chefe, que ocuparia pelos próximos 30 anos, à exceção dos três que teve que servir o Exército no esforço de guerra da II Guerra.

Mas o apogeu da carreira só veio muito mais tarde, quando tinha quase 40 anos: ao receber do dono da Marvel, Martin Goodman, lhe encomendou uma nova fornada de super-heróis e Lee se uniu a Jack Kirby e criou o Quarteto Fantástico, em 1961, revolucionando o gênero nas HQs com sua abordagem humana e dramática. E sucesso demandou mais criações e elas vieram: Hulk, Homem-Formiga e Vespa (com Jack Kirby); Thor (com o irmão Larry Lieber e Jack Kirby); Homem de Ferro (com Larry Liber, Jack Kirby e Don Heck), Homem-Aranha e Doutor Estranho (com Steve Diko); Demolidor (com Bill Everret); Viúva Negra e Gavião Arqueiro (com Don Rico e Don Heck); até chegar em X-Men e Vingadores (de novo com Jack Kirby). Tudo isso apenas entre 1961 e 1964.

Mas não parou por aí e ainda veio Pantera Negra, Inumanos, Falcão, Surfista Prateado e o Capitão Marvel.

Lee se afastou da escrita de quadrinhos a partir de 1972, quando foi promovido a Publisher da Marvel e passou a representar os interesses da empresa, só voltando as HQs muito esporadicamente depois disso. Embora tenha se aposentado nos anos 1990, Lee continuou ativo, criando novos personagens e inventando empreitadas, além de ser justamente homenageado nos inúmeros filmes da Marvel, baseados nos personagens que criou, fazendo curtas aparições especiais.

Stan Lee morreu em 12 de novembro de 2018, aos 95 anos, vítima de uma falha cardiorespiratória.

Quer conhecer a história de Stan Lee? Veja o post especial que o HQRock escreveu quando o escritor completou 90 anos de idade!

Conheça as Melhores Histórias de Stan Lee, neste especial do HQRock!