Num gesto surpreendente, os compositores Mick Jagger e Keith Richards, dos Rolling Stones, decidiram abrir mão dos créditos de Bitter Sweet Symphony, a mais famosa canção da banda The Verve, permitindo pela primeira vez que seu compositor, Richard Ashcroft receba royalties pela primeira vez.

A história é longa. Mick Jagger e Keith Richards compuseram The Last Time em 1964 e esta se tornou um dos primeiros sucessos autorais dos Rolling Stones. Muitos anos depois, o ex-produtor dos Stones, Andrew Loog Oldham, gravou uma versão orquestrada da canção creditada a Andrew Oldham Orchestra.

Vocalista do The Verve, Richard Ashcroft, compôs Bitter Sweet Symphony a partir de um sampler desta gravação e teve autorização para isso. Inclusive, os créditos da faixa são de Ashcroft, Jagger e Richards. Porém, quando a canção foi lançada no álbum Urban Hyms de 1997 e virou um sucesso colossal, o antigo empresário dos Stones nos anos 1960, Allen Klein foi à Justiça e alegou que o The Verve usou no sampler mais notas do que o acordado e o acordo judicial para que o álbum não fosse recolhido das prateleiras foi repassar TODOS os royalties para Jagger, Richards e Klein.

O imbrólio criou a estranha situação do autor não receber dinheiro por sua canção mais famosa. Aliás, por uma das mais conhecidas conhecidas canções da década de 1990, eleita o single do ano pelo NME em 1998, a terceira melhor canção de todos os tempos pelos ouvintes da BBC 1 em 1998; ficou em 10° lugar entre as melhores canções já escritas, eleitas por um comitê de seletos compositores pela prestigiada revista Q; e a terceira melhor canção do Britpop pela Rolling Stone, em 2015.

Richard Ashcroft foi homenageado recentemente pelo prêmio Ivor Novello, o mais prestigiado do Reino Unido, por sua Relevante Contribuição à Música Britânica e aproveitou o regresso aos holofotes para anunciar que Mick Jagger e Keith Richards abriram mão dos direitos sobre Bitter Sweet Symphony em prol dele e que irão devolver todos os ganhos da canção ao seu compositor.

Segundo anunciou a nota de Ashcroft, Jagger e Richards concordaram em retirar seus nomes do crédito de autoria da canção e repassarão todos os royalties.

O The Verve se formou em Wigan, na Inglaterra, em 1989, e lançou seu primeiro EP em 1992, e seu primeiro álbum em 1993, sendo uma das primeiras e principais bandas do movimento Britpop, que geraria também Radiohead, Oasis e Blur.

Bitter Sweet Symphony saiu no disco Urban Hyms, de 1997, que foi o terceiro e último álbum da banda, que se separou em 1999.

Seguindo em carreira solo, Richard Ashcroft se apresentou cantando a canção no Live 8, em 2005, tendo o Coldplay como banda de apoio. O The Verve ainda se reuniu entre 2007 e 2009, gravando mais um disco e se apresentando no Festival de Glastonbury, em 2008.