Os rumores, na verdade, começaram na semana passada, mas agora, começam a ser endossados por veículos maiores, como o The Collider: a LucasFilm começou a produção de um filme de Cavaleiros da Velha República, baseado no famoso videogame de Star Wars; e já tem até uma roteirista: Laeta Kalogridis (de Avatar).

O site reforça a informação do Buzzfeed de que a roteirista foi convidada para desenvolver o filme, quase ao mesmo tempo em que a presidente da LucasFilm, Kathleen Kennedy, afirmou em uma entrevista recente que algo na linha de Knights of Old Republic seria produzido.

O estranho é que o Collider supõe que este filme não é parte nem da trilogia de Rian Johnson, nem daquela de David Benioff e W.D. Weiss; e isso vai contra as declarações de Bob Iger, o CEO da The Walt Disney Company (dona da LucasFilm) de que os filmes de Star Wars iriam desacelerar e que não farão com a franquia o mesmo que fizeram no Marvel Studios, ou seja, uma multiplicação de produtos, mantendo a saga espacial em marcha lenta.

Por isso, após Star Wars – A Ascensão Skywalker, que estreia no próximo dezembro, só haverá outro filme da saga em 2022. Dali em diante, outros dois filmes da franquia estão programados para cada par de anos seguintes, porém, inaugurar três trilogias diferentes não é exatamente frear as coisas.

Daí que podemos até suspeitar que Cavaleiros da Velha República pode ser uma série de TV do Disney+, tal qual a já anunciada The Mandalorian (que já ganhou imagens oficiais) e outra sem título focada no personagem Cassian Andor, vivido por Diego Luna, e servindo como prelúdio a Rogue One – Uma História Star Wars. E Iger falou numa entrevista que a franquia podia ganhar uma terceira série de TV, veja só.

Também não é impossível que Cavaleiros da Velha República termine sendo um dos projetos de Johnson ou Benioff e Weiss.

Segundo o Collider, Cavaleiros da Velha República se passará 4 mil anos antes dos eventos da Trilogia Clássica de Star Wars e traria o Mestre Jedi Bastila Shan contra o Lorde Sith Darth Malak.