Será que agora vai? Depois de anos de gestação e 4 diretores diferentes, The Flash está em via de iniciar sua produção e levar a primeira aventura solo do corredor escarlate da DC Comics nos cinemas, após o personagem já ter aparecido como ponta (Batman vs Superman – A Origem da Justiça e Esquadrão Suicida) e como coadjuvante (Liga da Justiça). Em entrevista ao Cinemablend, o diretor Andy Muschietti (de It – A Coisa e sua sequência) falou sobre The Flash pela primeira vez e confirma que o longa será seu próximo filme.

Muschietti está atualmente trabalhando na divulgação de It – Capítulo 2.

Perguntado se The Flash terá algum elemento de terror, o diretor respondeu que acha que não e que o atraiu foi o drama humano da história.

The Flash mantém o ator Ezra Miller no papel principal,que ganhou a queda de braço com a Warner Bros. que queria um filme mais leve, enquanto Miller fez campanha por um filme mais sério e sombrio. Para endossar sua proposta, Miller escreveu um novo roteiro para The Flash ao lado do quadrinista Grant Morrison, que impressionou o estúdio.

Embora num primeiro momento as notícias eram de que a Warner gostara do roteiro, mas não era o caminho que queriam seguir – o que deixava implícito que Miller não iria renovar seu contrato para estrelar o longa – pouco depois veio o anúncio da demissão dos diretores John Francis Daley e Jonathan Goldstein. E a confirmação de que Miller prosseguia no projeto.

Contudo, parece que o ator e o estúdio chegaram a um meio termo, pois oficialmente, a escritora Christina Hodson (de Birds of Prey) foi contratada para escrever um roteiro novo para The Flash.

Não há uma data de lançamento para The Flash, mas a declaração de Maschietti de que é seu próximo filme sinaliza filmagens para 2020 e um possível lançamento em 2021 ou 2022. Se tudo der certo, é o fim de uma novela que começou em 2016 e já passou pela troca de quatro diretores.