Tom Welling atende a vontade dos fãs e vemos Clark Kent se transformar em Superman no final de “Smallville”.

Agora que Smallville terminou (veja nossa resenha sobre o último episódio!), podemos observar de modo mais claro a série sob perspectiva. Entre altos e baixos, a história do jovem Clark Kent (Tom Welling) destinado a ser o maior dos heróis teve momentos bem interessantes. Embora, muitas vezes, Smallville tenha se rendido a decisões fáceis, enrolação amorosa – especialmente na relação de Clark com Lana Lang (Kristin Kreuk) -, falhas de roteiro etc.; há de se lembrar que nenhuma outra história – nem no cinema, nos desenhos animados ou mesmo nos quadrinhos – aprofundou tanto a personalidade de Clark Kent e sua origem, bem como a psique de seu arquiinimigo, Lex Luthor (Michael Rosenbaum). Este talvez seja o maior trunfo da série: sem dúvidas, Smallville apresentou a melhor interpretação de Lex Luthor dentre todas, unindo o roteiro dedicado ao futuro vilão e a interpretação apaixonada de Rosenbaum.

Para aqueles que querem conhecer um pouco mais sobre o passado de Smallville ou para os fãs que querem relembrar, vejamos alguns dos momentos de destaque da série. Começamos com os 100 primeiros episódios, depois, seguiremos a outra metade!

Um acidente marca o encontro dos jovens Clark Kent e Lex Luthor.

1×01 – PILOT (001): O piloto de Smallville é um dos melhores momentos da série. Em outubro de 1989, uma inesperada chuva de meteoros atinge a cidadezinha de Smallville no Kansas, no Meio Oeste dos EUA. O fenômeno esconde uma nave espacial que cai em um milharal e é encontrada, por acaso, pelo casal de fazendeiros Martha e Jonathan Kent (Annette O’Toole e John Schneider). Impedidos de ter filhos, o casal decide adotar a criança que sai do objeto. Doze anos depois, o garoto Clark Kent tem 15 anos, está no colegial, mas vive pertubado por um senso de inadequação e isolamento, porque é dotado de habilidades que mais ninguém tem: pode correr a velocidades espantosas, é invulnerável (não pode ser ferido) e tem força dezena de vezes maior do que um humano comum. Quando Clark decide entrar para o time de futebol da escola – destinado a ganhar todos os jogos, por causa de suas habilidades – seus pais percebem que é chegado o momento de lhe contarem a verdade sobre suas origens. Clark fica descontrolado ao ouvir a história. Porém, seu destino sofre um viés decisivo quando é atropelado por Lex Luthor, filho do megaempresário Lionel Luthor (John Glover), que acabou de ser transferido para a filial de Smallville como punição por seu comportamento. Este encontro marca o início de uma grande amizade, mas também, faz crescer uma obsessão maligna no jovem Luthor, certo de que algo estranho aconteceu no acidente que não matou nem a ele nem ao seu novo amigo.

1×04 – X-RAY (004): Lex Luthor assalta o banco de Smallville. Mas o empresário estava, ao mesmo tempo, dando uma palestra para 600 pessoas em Metrópolis. Como é possível? Tina Greer (Liz Caplan) é uma adolescente transmorfa, assumindo a aparência de outras pessoas para atingir seus objetivos. E o principal deles é bizarro: tomar a vida de Lana Lang. Enquanto isso, Clark começa a ver através das pessoas e das paredes: é a estreia de um novo poder, a visão de raio-x. De brinde, uma visão (sem querer) do vestiário feminino!

Lex não pôde contemplar o seu futuro em “Hourglass”, mas nós sim!

1×06 – HOURGLASS (006): Clark vai fazer um trabalho voluntário em um abrigo de idosos e conhece Cassandra (Jackie Burroughs), uma velhinha que pode ver o futuro. Clark vê uma imagem dele mesmo cercado de túmulos com todos os que ama, pois ele vai viver mais do que todos eles. Por outro lado, Cassandra vê o que Clark vai se tornar e como vai salvar milhões de vidas. Quando Lex fica sabendo de Cassandra, dá um jeito de saber o seu futuro. Mas a imagem que Cassandra vê é aterradora (e um dos grandes momentos da série): Lex (com uma luva preta na mão direita) é presidente dos EUA; mísseis nucleares são disparados; Lex toca uma flor que murcha e chove sangue. Porém, Lex não fica sabendo, já que Cassandra morre ao contemplar a visão.

1×21 – TEMPEST (021): É o baile de primavera e Clark vai acompanhado de Chloe, realizando os grandes sonhos românticos da amiga. Porém, tudo dá errado quando um gigantesco tornado se põe contra Smallville e Clark precisar salvar a vida de Lana. Ao mesmo tempo, o repórter Roger Nixon (Tom O’Brein) descobre a verdade sobre os poderes de Clark e pretende vender sua história. Muito interessante a cena em que Jonathan Kent e Nixon ficam presos debaixo de uma casa e conversam sobre a importância de Clark para o mundo.

O romance inconcluso entre Lana Lang e Clark Kent era o tema recorrente da 1ª temporada, o que incomoda os fãs e deixa o seriado meloso.

2×07 – LINEAGE (027): Quando uma mulher atormentada aparece em Smallville afirmando ser a mãe de Clark, Martha e Jonathan resolvem contar em detalhes a história de sua adoção e revelam que Lionel Luthor os ajudou a forjar a adoção falsa e os chantageou por isso, revelando porque o casal Kent odeia os Luthors.

2×11 – VISAGE (032): O ex-namorado de Lana, Whitney Fordman (Eric Johnson) retorna a Smallville como herói de guerra, o que causa emoções confusas em Clark, que é um herói sem que ninguém saiba. Mas tudo fica mais sombrio quando se percebe que há algo de errado nessa história. Este capítulo traz o retorno de um vilão prévio pela primeira vez, na figura da transmorfa Tina Greer (Liza Caplam).

O Superman Christopher Reeve aparece na série como o Dr. Virgil Swann, pouco antes da morte do ator.

2×17 – ROSETTA (038): Clark finalmente descobre maiores detalhes de sua origem, como por exemplo, que vem do planeta Krypton, que seu verdadeiro nome é Kal-El e que as pedras de meteoro verde que lhe causam mal são “kryptonitas“, fragmentos radioativos do velho planeta e, por isso, lhe afetam. Quem conta isso para ele é o Dr. Virgil Swann (Christopher Reeve, o Superman dos filmes dos anos 1970 e 1980!).

3×01- EXILE (045): Clark abandona Smallville influenciado pela kryptonita vermelha, que tira suas inibições. Três meses depois, está em Metrópolis trabalhando para o chefão do crime organizado Morgan Edge (o fantástico Rutger Hauer), que o manda para invadir a LuthorCorp. Desesperado, Jonathan Kent faz um pacto com o pai kryptoniano de Clark, Jor-El (voz de Terence Stamp, o General Zod dos filmes do Superman), e recebe seus poderes para ir à Metrópolis trazer o filho de volta. Outro destaque é o encerramento do arco de Helen Bryce (Emmanuelle Vaugier), a esposa de Lex Luthor, e uma das personagens mais interessantes da segunda temporada.

Lionel Luthor: a relação tensa, cheia de mentiras e segredos entre ele e seu filho Lex foi muito bem construída em “Smallville”.

3×06 – RELIC (050): Clark descobre que Jor-El esteve na Terra 40 anos antes e que conheceu seus avôs terrestres. Fica claro que o casal Kent ter encontrado a nave de Kal-El não foi um acidente.

3×08 – SHATTERED (052): Lex descobre que seu pai Lionel tinha ligações com Morgan Edge e que eles estão por trás da morte de seus avós. Mas antes de poder ir à Justiça, Lex sofre um atentado e escapa. Quando Clark vai investigar o fato, termina acreditando nas palavras de Lionel de que o filho está alucinando e sofreu um surto psicótico. Num dos capítulos mais aterradores sobre a família Luthor, Lex termina internado no hospício de Belle Reve.

3×17 – LEGACY (061): Lionel descobre que Clark está usando as cavernas Kawatche (onde usa a chave octagonal para se comunicar com seu pai kryptoniano, Jor-El). Lionel começa a juntar as peças e vai até o Dr. Virgil Swann (Christopher Reeve em sua segunda participação na série) e ficamos sabendo que os dois tem ligações no passado por meio da sociedade secreta Véritas. Na medida em que Lionel se aproxima do segredo de Clark, ele se torna mais perigoso e não compartilhar isso com seu filho destrói por completo a relação já muito conturbada entre os dois.

Lois Lane foi introduzida mais cedo em “Smallville”, mas isso terminou sendo um acerto.

3×19 – MEMORIA (063): Lex perdeu parte de suas memórias quando esteve internado, mas agora elas começam a voltar. Ele vai fazer terapia e termina lembrando dos segredos escusos sobre a morte de seu irmão mais novo, Julian, que faleceu ainda bebê. Lionel havia feito Lex acreditar a vida inteira de que ele, por ciúmes infantil, teria matado o próprio irmão quando criança, mas o Lex adulto percebe que a verdade é muito mais aterradora. Ao mesmo tempo, Clark tem lembranças de seus pais Jor-El e Lara em krypton.

4×01 – CRUSADE (067): Com a aparente morte de Chloe (Allison Mack), sua prima Lois Lane (Erica Durance) faz sua estreia na série, atrás de respostas. Este episódio é uma virada na série, além da introdução de Lois, Lana passa a ter uma atitude mais agressiva e adulta. Neste capítulo, também temos a primeira cena de vôo de Clark, quando ele é dominado por Jor-El e assume sua personalidade kryptoniana para roubar um cristal especial que está com Lex a bordo de um avião. Outra participação especial neste episódio é de Margot Kidder (a Lois Lane dos filmes do Superman), que aparece como a Dra. Crosby, auxiliar do Dr. Swann. Tudo prenuncia uma boa temporada, mas infelizmente, a 4ª é a pior de todas.

4×05 – RUN (071): Primeira aparição de outro personagem peso-pesado da DC em Smallville. No caso, o Flash, aqui em sua encarnação adolescente: Bart Allen (Kyle Gallner).

4×06 – TRANSFERENCE (072): Um pedaço de kryptonita preta faz Clark e Lionel trocarem de corpos. Apesar da ideia estranha, esta é a virada da personagem de Lionel que daqui em diante vai deixar de ser o maior vilão da série para ser um aliado relutante de Clark, embora ainda com métodos condenáveis. Isso abre espaço para que Lex cada vez mais desça os degraus da vilania.

Alicia Baker (Sarah Carter) apareceu poucas vezes, mas marcou os fãs. Um par melhor para Clark do que Lana.

4×12 – PARIAH (078): Dotada de poderes de teletransporte, Alicia Baker (Sarah Carter) já havia aparecido antes em Smallville como uma menina obsecada por Clark – afinal, os dois tinham superpoderes. Agora, Alicia volta curada e os dois decidem namorar. Entretanto, quando Lana e seu novo namorado Jason Teague (Jensen Ackles, o futuro astro de Supernatural) são atacados por um misterioso assaltante, a culpa recai sobre Alicia. No fim das contas, este é um dos melhores episódios da série, bastante emocional sem ser piegas e é também o momento em que finalmente Chloe descobre a verdade sobre Clark, quando Alicia, tentando provar que é inocente, mostra a Chloe, Clark usando seus poderes.

Chloe presencia Clark apanhar um carro no ar e descobre seu segredo.

4×17 – ONYX (083): A mesma kryptonita preta que fez Clark e Lionel trocarem de corpos, agora faz Lex ser dividido em dois: um bom e outro mal. Embora uma ideia bizarra, a exploração das duas personalidades é interessante. Também é a primeira vez que vemos o jovem Lex Luthor como o verdadeiro vilão que será em breve. É quando ele diz a famosa frase “eu sou o vilão dessa história“.

Clark na Fortaleza da Solidão: mesmo visual dos filmes.

5×01 – ARRIVAL (089): De posse dos três cristais kryptonianos cuja busca foi o tema da temporada anterior, Clark vê os três se fundirem, transportá-lo para o Ártico e formarem a Fortaleza da Solidão, que faz sua estreia na série extamente com o mesmo visual dos filmes do Superman. Lana presencia a chegada de uma nave à Smallville, com dois kryptonianos a procura de Kal-El. Eles são seguidores de um tal General Zod. Clark descobre que Chloe sabe seu segredo e Brainiac (James Masters) faz sua estreia na série.

Clark alcança um míssil para detê-lo: levando a série para outro nível.
Clark alcança um míssil para detê-lo: levando a série para outro nível.

5×03 – HIDDEN (091): Clark está sem poderes – tirados por seu pai Jor-El em punição a se recusar a assumir seu lado kryptoniano – e aproveita para ter sua primeira noite de amor com Lana. Mas seu ex-colega de escola, Gabriel Ducan (Johnny Lewis), está enlouquecido e aproveita-se que seu pai é coronel do exército para tentar disparar um míssil nuclear em Smallville. Clark e Chloe tentam impedi-lo, mas Clark é baleado, sendo levado em estado crítico ao hospital, onde, sem poderes, morre nos braços de Lana. Então, Lionel Luthor – que está em um tipo de transe por estar tomado pela essência de Jor-El – foge da prisão de Belle Reve, rouba o corpo de Clark e o leva à Fortaleza da Solidão, onde é revivido e tem seus poderes de volta. Clark volta à Smallville a tempo de ver os mísseis disparados e, numa das melhores cenas da série, salta centenas de metros para alcançá-los e detê-los. Este importante capítulo coloca o jovem cada vez mais próximo do herói que deverá ser no futuro. É o maior feito dele até agora e direciona a série rumo a um novo momento, menos “adolescente” e mais pautado em feitos super-heróicos.

5×04 – AQUA (092): Primeira aparição de Aquaman (Alan Ritchson). É a segunda pedra fundamental para uma futura equipe. Lionel agora é um veículo para as manifestações de Jor-El, o que ajuda a consolidá-lo como um estranho aliado. E Lex e Lana iniciam uma estranha aliança (que vai culminar em casamento).

Jonathan Kent e Lionel Luthor se digladiam em “Reckoning”.

5×12 – RECKONING (100): Em meio a uma disputa acirrada ao Senado entre Jonathan Kent e Lex Luthor, Clark decide contar seu segredo a Lana, levando-a à Fortaleza. Mas Lex, que está abertamente apaixonado, tenta uma aproximação desesperada, que culmina com a morte dela em um acidente de trânsito. Numa homenagem a Superman – O Filme, Jor-El dota Clark da habilidade de voltar no tempo para impedir a morte de sua amada. Mas tudo dá errado e, embora salve Lana, Clark não pode impedir que seu próprio pai, Jonathan, morra de um ataque cardíaco após vencer as eleições.

Em breve, publicaremos a outra metade dos melhores momentos. Não perca!

[Atualizado: leia a Parte 02 e Parte 03]