Segundo o We Got This Covered, a série de TV de Obi-Wan Kenobi irá trazer de volta o amado personagem Mace Windu. A notícia vem se somar a outras que vieram no fim de semana de que Jar Jar Binks também apareceria no programa.

Mace Windu e Obi-Wan Kenobi em A Vingança de Sith.

A fonte do site diz que Kenobi trará uma sequência de flashbacks, o que justificaria a presença de Mace Windu, que foi interpretado por Samuel L. Jackson na Trilogia Prelúdio e morre nas mãos do recém convertido aos Sith Darth Vader em A Vingança de Sith. Outros rumores – ligeiramente menos confiáveis – reforçam que vários outros personagens daquela série irão aparecer, como Qui-Gon Jinn, vivido por Liam Neeson, o próprio Darth Vader/ Anakin Skywalker, vivido por Hayden Christensen, além do vilão Darth Maul, que pode ser interpretado tanto por Ray Park (que o viveu nos filmes, quanto por Sam Witwer, que o dublou nos desenhos animados Clone Wars.

Quanto a Jar-Jar Binks, os rumores dizem que veremos o personagem trabalhão – e odiado por muitos dos fãs da série – no “presente” da série. Ou seja, Obi-Wan iria até o planeta Naboo encontrar o velho aliado. Um dos livros da série Aftermath (que é canônico na cronologia oficial de Star Wars) diz que Binks se tornou um palhaço de rua entretendo as crianças depois de ter sido odiado por permitir, mesmo que sem querer, que Palpatine se tornasse Imperador da Galáxia. Inclusive, os boatos dizem que Jar-Jar terá uma barba como um dos elementos para demarcar a passagem de tempo desde que o vimos pela última vez. Não há qualquer informe de que o ator Ahmed Best irá reprisar o papel, mas é muito provável.

O personagem é odiado pelos fãs porque foi retratado como um alívio cômico exagerado e irritante em Episódio I – A Ameaça Fantasma, se tornando símbolo de tudo o que a Trilogia Prelúdio (lançada entre 1999 e 2005, mais de 20 anos após a Trilogia Clássica, de 1977 a 1983) tinha de ruim. O personagem até apareceu nos dois filmes seguintes, mas apenas como figurante.

Obi-Wan, RD-D2, Anakin e Qui-Gon em A Ameaça Fantasma.

Para os que não conhecem a saga a fundo: A Ameaça Fantasma (o Episódio I) mostra o Senado Galáctico ameaçado pela iminência de uma guerra entre a República e a Federação de Comércio, articulada nos bastidores pelo Senador Palpatine, que secretamente é o Lord Sith Darth Sidious. O Sith põe seu aprendiz, Darth Maul para matar o Mestre Jedi Qui-Gon Jin e seu padwan, o jovem Obi-Wan Kenobi, bem como a Rainha de Naboo, Padmée Amidala. Em meio a esses eventos, Jinn e Kenobi encontram uma criança de 10 anos de idade, Anakin Skywalker, no planeta Tattoine, que possui uma sensibilidade incrivelmente alta à Força – a fonte dos poderes dos Jedi. No confronto final, Maul mata Jinn, mas Kenobi consegue eliminar Maul o cortando ao meio.

Darth Maul.

(Histórias posteriores – nos desenhos animados Clone Wars e Rebels – mostraram que Maul sobreviveu ao episódio e passou a usar pernas mecânicas).

Padmé e Anakin: romance em O Ataque dos Clones.

No Episódio II – O Ataque dos Clones, 10 anos depois, Kenobi é um Mestre Jedi e Anakin seu padwan, e este se apaixona por Padmée, agora, uma Senadora no Senado Galático. Os dois se casam em segredo, enquanto o Conselho Jedi – organização máxima desses Cavaleiros que protegem a República (e que tem entre seus membros mais poderosos Yoda e Mace Windu) – tenta inutilmente manter a paz. A guerra aberta da República contra a Federação de Comércio (que apoia um movimento separatista) motiva o Senado a aprovar o uso de um Exército de Clones e também conceder amplos poderes emergenciais ao líder do Senado, Chanceler Palpatine. Jar-Jar Binks é um dos representantes de Naboo no Senado e é quem propõe o aumento de poder político a Palpatine.

Palpatine e Anakin em A Vingança de Sith.

O Episódio III – A Vingança de Sith começa no final das Guerras Clônicas, quando Skywalker e Amidale vivem secretamente e ela está grávida, enquanto a República começa a vencer os Separatistas, mas fica claro que há um complô Sith por baixo dos panos. Anakin descobre que Palpatine é o Darth Sidious e o denuncia ao Conselho Jedi, mas é tentado por Palpatine de que se abraçar o Lado Sombrio da Força poderá ter controle sobre a morte e impedir a morte de Padmée que prevê em seus sonhos. Isso somado ao fato do Chanceler sempre ter sido um tipo de figura paterna ao jovem Jedi faz com que, quando Mace Windu chegue para prender o Lorde Sith, Anakin termina por ajudar o vilão e mata Windu. A ação completa a adesão ao Lado Sombrio e Skywalker se torna Darth Vader. No Senado, Palpatine usa o atentado contra si pelos Jedi como desculpa para um Golpe de Estado e se torna Imperador, destituindo a República. Também emite a Ordem 66 que faz todos os soldados clone eliminarem qualquer Jedi próximo, num ataque surpresa extremamente eficaz.

Obi-Wan versus Anakin (agora Darth Vader).

Sua primeira missão como Sith é ir ao Conselho Jedi e eliminar todos os membros presentes, o que faz, matando inclusive as crianças. Obi-Wan Kenobi vai ao confronto do antigo discípulo e os dois lutam, mas ao perceber que o ex-mestre está com Padmée, Anakin quase a mata e sai em batalha com Kenobi, que vence a luta, cortando as pernas de Vader e o deixando semi-morto na beira de um rio de lava no planeta Mustafar. Palpatine salva seu novo discípulo que recebe uma série de implantes cibernéticos para se tornar o Darth Vader que todos conhecemos.

Em consequência desses atos, Obi-Wan e Yoda são praticamente os únicos Jedi sobreviventes e escondem o casal de gêmeos que Padmée dá à luz antes de morrer. A menina Leia é entregue ao Senador Bail Organa do planeta Alderaan; e Obi-Wan entrega o menino Luke ao “tio” Owen Lars, que casou com a então já falecida mãe de Anakin, em Tatooine. Vader não sabe que os filhos sobreviveram.

Darth Vader e seu filho (e inimigo) Luke.

Na série de filmes, vem em seguida o Episódio IV – Uma Nova Esperança, que se passa 20 anos depois, quando o Império está prestes a dar o ataque final à Aliança Rebelde e a busca por entregar os planos da arma secreta do Império, a Estrela da Morte, nas mãos dos rebeldes, leva aos caminhos de Obi-Wan, Luke e Leia se cruzarem contra Darth Vader.

Alec Guiness como Kenobi no Episódio IV.

Obi-Wan Kenobi, a série de TV, se passará entre os Episódios III e IV, e rumores dizem que será 8 anos após os eventos do primeiro. Os boatos também afirmam que a série trará versões infantis de Luke Skywalker e Leia Organa. Pelo o que apontam esses rumores, os flashbacks do programa devem trazer Qui-Gon Jinn, Mace Windu e Anakin Skywalker; como é muito possível que Jinn também apareça como um Fantasma da Força. O presente pode mesmo trazer Jar-Jar Binks e as crianças Luke e Leia (Kenobi passa a morar no deserto de Tattoine como uma forma de vigiar o crescimento de Luke); enquanto Darth Maul deve ser o grande vilão. Outro oponente deve ser o gangster Jabba, the Hutt, que apareceu nos filmes, também.

É importante lembrar que Han Solo – Uma História Star Wars (que cronologicamente se passará depois de Kenobi) mostra Maul como o líder da Aurora Escarlate, um sindicato do crime. Este elemento com certeza deve aparecer na nova série.

Obi-Wan Kenobi será estrelada por Ewan McGregor e deverá estrear em 2021 no streaming Disney+.