Segundo o Heroic Hollywood, o diretor Zack Snyder mostrou sua versão do filme Liga da Justiça para executivos da Warner Bros., que gostaram do resultado e estão planejando o lançamento.

O HH não é a mais confiável das fontes, mas acerta de vez em quando.

Há algum tempo se especula que a Warner finalmente irá lançar a Snyder’s Cut de Liga da Justiça no canal de streaming HBO Max e, caso a informação do HH seja verdadeira, a exibição aos executivos é um passo importante. Ainda mais se eles gostaram.

Após ter feito Superman – O Homem de Aço e Batman vs. Superman – A Origem da Justiça, Zack Snyder dirigiu Liga da Justiça em 2016. Mas desde o início, a produção foi problemática: Snyder queria fazer o filme em duas partes, mas o estúdio vetou a possibilidade por causa da recepção fria de Batman vs. Superman. Depois das gravações, os executivos do estúdio ficaram temerários com o resultado e demandaram uma série de modificações, mas a morte por suicídio da filha de Snyder atrasou o processo, no início de 2017.

O mal estar crescente, ainda assim, motivou a Warner a demitir Snyder do cargo e contratar Joss Whedon (de Os Vingadores) para comandar uma extensa refilmagem e uma nova versão do filme. Whedon realizou seis semanas de filmagens, mas o estúdio não mudou a data de estreia e Liga da Justiça foi lançado em novembro de 2017, praticamente um mês (!!!!) após o término das filmagens e claramente inacabado. No fim das contas, Whedon não assinou o filme e foi creditado apenas como roteirista.

O fracasso de bilheteria demandou desde muito cedo um movimento dos fãs para ver a versão de Zack Snyder do longa, e o diretor permaneceu alimentando tais esperanças, por meio da divulgação de fotos e artes conceituais do que o filme teria sido se não tivesse saído de suas mãos. No ano passado, de um mito (ou uma tentativa de realidade), a Snyder’s Cut virou um fato e os rumores se tornaram cada vez mais crescentes de que seria lançada como um filme de mais de 3 horas de duração.

Vale ressaltar que o impacto do fiasco de Liga da Justiça foi tão grande que toda a diretoria da Warner Bros. “caiu” e o novo comando do estúdio parece ser mais interessado no lançamento dessa versão.