Puxa vida, temos escrito muitos obituários esses tempos… Que terrível! Faleceu hoje o desenhista Tim Sale, famoso por obras como O Longo Dia das Bruxas e muitas outras obras célebres.

Sale se notabilizou por uma arte estilizada, bastante expressiva, que a faz ser cheia de graça e beleza, ainda que fuja do padrão estético mais comum.

Nascido em 1956, em Nova York, Sale cresceu em Seattle, em Washington, mas estudou numa faculdade de belas artes em sua terra natal. Ele ganhou fama em seus trabalhos ao lado do escritor Jeph Loeb, fazendo Batman: O Longo Dia das Bruxas, em 1995, se sua sequência, Vitória Sombria, que mostravam o cavaleiro das trevas em início de carreira e precisando lidar com seus clássicos vilões, enquanto necessita desvendar um grande mistério na figura de um assassino serial.

O sucesso da empreitada gerou outras obras retroativas, como Superman: As Quatro Estações, na qual também vemos o processo formativo do homem de aço em várias etapas de sua vida.

Além dessas, Loeb e Sale produziram o que ficou conhecido como as histórias das cores com os personagens da Marvel, também situadas nos anos formativos das cronologias dos personagens, como Homem-Aranha: Azul, Demolidor: Amarelo, Hulk: Cinza e Capitão América: Branco.

Sale havia sido internado num hospital na semana passada, mas não foi informado ainda a causa da internação, nem da morte.

O artista tinha 66 anos.