Paul McCartney tira uma foto no palco do Cavern Club.

O cantor e compositor Paul McCartney, ex-membro da lendária banda The Beatles, está promovendo o lançamento de seu novo álbum, Egypt Station, que chega às lojas e serviços de streaming no dia 07 de setembro, e para isso está realizando uma série de ações interessantes. Ontem, ele fez um show surpresa no The Cavern Club, o pub lendário em que os Beatles tocaram antes da fama e onde fizeram seu nome com os primeiros fãs, na cidade natal do grupo, Liverpool, no norte da Inglaterra.

Dias atrás, McCartney havia feito outra referência à velha banda, quando voltou a atravessar a faixa de pedestres em frente ao estúdio Abbey Road em Londres, local que ficou imortalizado na capa do álbum da banda de 1969, que levava o nome do estúdio. Na ocasião, McCartney participou de um programa de TV especial gravado dentro do estúdio e aproveitou para fazer uma gracinha promocional.

Paul McCartney toca no Cavern ontem à noite.

Anteontem, o músico voltou à cidade natal e participou de uma sessão de perguntas e respostas com os alunos do Liverpool Institute of Performing Arts, uma escola de belas artes que funciona no mesmo local em que existia a antiga instituição em que o músico cursou o Ensino Médio. McCartney foi um dos patrocinadores da transformação do local em um tipo de conservatório e até utiliza ex-alunos em sua banda.

Ontem, o show surpresa no The Cavern Club foi anunciado pela manhã e os ingressos foram distribuídos (de graça!) para os primeiros 250 fãs que chegaram à bilheteria do clube que fica na Matthew Street, uma vielazinha do centro da cidade, dois andares abaixo do nível do solo.

Paul McCartney e John Lennon no Cavern antes da fama dos Beatles.

Usado inicialmente como um depósito de alimentos na guerra, o local foi transformado em um clube de jazz no fim dos anos 1950 e os Beatles chegaram a tocar lá antes mesmo de adotarem seu nome oficial, quando ainda eram os The Quarrymen e eram uma banda de skiffle – um precursor do rock inglês, tocado com instrumentos rústicos. Mas foi quando o Cavern se voltou para a música jovem, em 1961 e os Beatles voltaram de uma longa excursão em Hamburgo, na Alemanha, que associação entre o grupo e o clube se firmou, com o quarteto se tornando a banda da casa e se apresentando na hora do almoço e à noite, fazendo mais de 290 concertos no local até chegarem à fama nacional, em 1963. O Cavern chegou a fechar às portas em 1966 para ceder espaço à ampliação do metrô de Liverpool, e foi parcialmente demolido, embora a linha do metrô nunca tenha sido construída. Por isso, pouco mais de 10 anos depois, o Cavern foi reaberto e continua em atividade até hoje, sendo um ponto turístico importante para os fãs de Beatles e de rock.

Depois da era dos Beatles, Paul McCartney se apresentou no Cavern em 1999, como parte da promoção do álbum Run Devil Run, que trazia covers de rock antigo e três faixas inéditas. A apresentação foi lançada em vídeo na época. No show de ontem, McCartney apresentou um longo apanhado da carreira e três faixas novas, do vindouro Egypt Station, Come On To Me, Confidante, Who Cares e Fuh You.

Veja o set list, segundo a BBC:

1) Jam
2) Twenty Flight Rock
3) Magical Mystery Tour
4) Jet
5) All My Loving
6) Letting Go
7) Come On To Me
8) Let Me Roll It
9) I’ve Got a Feeling
10) My Valentine
11) Queenie Eye
12) Nineteen Hundred and Eighty-Five
13) Lady Madonna
14) In Spite of All The Danger
15) Things We Said Today
16) Confidante
17) FourFiveSeconds
18) Love Me Do
19) Who Cares
20) Birthday
21) I Wanna Be Your Man
22) Fuh You
23) Get Back
24) Ob-La-Di Ob-La-Da
25) Band on the Run
26) Hi Hi Hi

Bis:

27) I Saw Her Standing There
28) Sgt. Pepper’s/Helter Skelter