A The Walt Disney Company causou uma sensação ao anunciar esses dias que irá cancelar o lançamento da versão live action de Mulan e, em vez de colocá-lo nos cinemas, irá lançá-lo diretamente em streaming, no canal da Casa do Rato, o Disney+. Isso levou a uma grande especulação: estaria Viúva Negra indo pelo mesmo caminho? A resposta é “não”, diz o CEO da empresa.

Falando ao 3Q (via Comic Book Movie), Bob Chapek disse que Mulan é um caso isolado e não é um novo modelo de negócio.

Mas, claro, a estratégia abre um grande precedente no mercado em meio a esse momento pandêmico e, do mesmo modo que Mulan foi adiado várias vezes, assim também o foi Viúva Negra.

A Disney ainda guarda a esperança de lançá-lo no cinema, que é o formato mais rentável e para qual foi pensado, mas sem dúvidas, Mulan servirá como um teste para avaliar a viabilidade e a lucratividade do lançamento direto em vídeo domestica via streaming.

Viúva Negra se passará entre os eventos de Capitão América – Guerra Civil Vingadores – Guerra Infinita, já que Natasha Romanoff foi morta em Vingadores – Ultimato. A estreia do filme fora programada para 01 de maio, e agora, está agendada para 06 de novembro de 2020, mas não é impossível que seja adiado para 2021 por causa da pandemia.