O Giant Freakin’ Robot não é a fonte mais precisa da face da Terra, mas também, consegue algumas informações de vez em quando. Mas este “furo” exclusivo do site é tão bom que vale à pena comentar só pela diversão. Segundo o GFR, a Warner Bros Discovery ofereceu uma fortuna para Ben Affleck voltar a ser o Batman na adaptação cinematográfica de Crise nas Infinitas Terras.

É tanta novidade numa frase que parece pegadinha de Dia da Mentira.

O GFR diz que suas fontes confirmaram que o estúdio ofereceu nada menos do que US$ 30 milhões para o ator e diretor, o que o tornaria um dos atores mais bem pagos da história de Hollywood, caso aceitasse.

Ainda é dito que Affleck encerraria sua participação no DCU na cena pós-créditos de The Flash, que mostraria sua versão de Bruce Wayne presa em um outro universo, mas ainda capaz de se comunicar com o Flash de Ezra Miller de alguma forma, enquanto o Batman do DCU passa a ser a versão de Michael Keaton, que também estará no filme e prossegue adiante em Batgirl.

Todavia, se Affleck aceitasse o acordo, essa cena seria excluída do filme para garantir seu retorno em Crise nas Infinitas Terras, que adaptaria a icônica saga da DC Comics, publicada entre 1985 e 1986, escrita por Marv Wolfman e desenhada pelo recentemente falecido George Perez, na qual um evento cósmico resulta no fim do Multiverso e na unificação da realidade em uma única linha temporal.

O que parece ser exatamente o contrário do que The Flash irá fazer, ao mostrar várias linhas alternativas, inclusive, com dois Batmans, o de Affleck e o de Keaton.

Bom, o tempo dirá se o furo do GFR tem algum fundamento, o que fará com que algum grande veículo da mídia também chegue à história, mas o que pesa a favor do site é que a nova direção da Warner Bros Discovery parece realmente querer estabelecer algumas mudanças e reestruturar o DCU, ainda perdido desde o fiasco de Liga da Justiça.

Affleck, por sua vez, recebeu sua cota de animosidade da imprensa em relação ao que ocorreu e abandonou o papel após a frustração do filme da equipe se somar aos seus problemas pessoais com a luta contra o alcoolismo e o divórcio da ex-mulher. Sua participação em The Flash seria um one-off para fechar o ciclo. Por outro lado, parte da crítica e dos fãs ainda pensa que ele fez um ótimo trabalho como uma versão mais velha, sábia e durona do cavaleiro das trevas. E se lhe faltou bom material suficiente para explorar todo o seu potencial, não é nada que uma boa oportunidade não possa reverter.

A reportagem do GFR diz que Affleck ainda não respondeu à proposta.

Também vale à pena dizer que Crise nas Infinitas Terras já ganhou uma adaptação live Action nas séries de TV da DC, o chamado Arrowverse, combinando várias versões diferentes dos heróis retirados do cinema e da televisão.

Somado tudo, o furo do GFR parece improvável demais, mas repetimos, é tão fora da curva que tem seu charme.