Surpreendendo todo mundo, o ator Jason Momoa divulgou no Instagram um vídeo no qual revela que Ben Affleck regressa como Batman em Aquaman e o Reino Perdido, sequência do sucesso solo do herói submarino. O intérprete de Arthur Cury tomou a iniciativa após ter sido “flagrado” na companhia do colega nos sets de filmagem do complexo de estúdios da Warner Bros. em Burbank, Califórnia, durante uma excursão de turistas pelo local.

Na mensagem, Momoa escreveu:

REUNIDOS Bruce e Arthur. Te amo e sinto saudade, Ben. Tour pelos estúdios da WB já viram tudo. Flagrados no set todas as grandes coisas que virão com AQUAMAN 2. Todo o meu Aloha!

O vídeo que acompanha a postagem mostra Momoa e Affleck caracterizado como Bruce Wayne, usando um terno caro e o rosto barbeado, sendo flagrados pelos turistas em um carrinho de golf de excursão e rindo da situação, dizendo: “isso era para ser segredo”. Em seguida, publicou fotos dos dois juntos.

Aquaman 2 teve suas filmagens encerradas oficialmente em janeiro deste ano, mas é muito comum que filmes de grande orçamento como esse passem por refilmagens e isso parece estar ocorrendo agora, ainda mais, com uma data de lançamento distante como o ano que vem.

De qualquer modo, é muito curioso que Affleck esteja de volta ao papel do Batman quando todos o consideraram já ter encerrado sua jornada com personagem depois que o próprio ator comunicou isso à imprensa em 2019. Na época, ele alegou seus problemas pessoais (seu divórcio e problemas com alcoolismo) e, mais tarde, comunicou que o período de filmagens de Liga da Justiça (que foi lançado em 2017) foi o pior de sua vida. Mas também é fato que o Bataffleck está presente em The Flash, que já foi filmado e está agendado para lançamento também em 2023.

Bataffleck e Batkeaton.

Há algum tempo se diz que The Flash, que sairá depois de Aquaman 2, em 23 de junho de 2023, seria a despedida final de Affleck do personagem: como filme lida com o velocista escarlate mudando a realidade após voltar no tempo e mudar os eventos do passado, isso seria usado para que a versão do Batman de Michael Keaton (que o interpretou nos filmes dos anos 1980 e 90 e também está em The Flash) “substituiria” o de Affleck.

Ainda assim, não se sabe se isso é o fato mesmo, ainda que Keaton esteja mesmo confirmado para aparecer no filme da Batgirl que irá estrear na HBO Max.

Rumores recentes, porém, afirmam que a cena pós-créditos de The Flash mostraria que o Bataffleck está vivo e consegue se comunicar com Barry Allen de uma outra dimensão, o que seria a porta aberta para que Affleck continuasse parte do DCU. Boatos complementares também afirmam que a nova direção da Warner Bros. (que foi comprada recentemente pela Discovery) prefere manter Affleck e fez grandes propostas para o ator.

Nada disso foi confirmado, mas Ben Affleck estar em pleno julho de 2022 gravando cenas para Aquaman 2 é um forte indicativo de que, a despeito dos problemas do passado, seu Batman está sendo restituído dentro do DCU, que está sendo reestruturado também, é importante dizer, pois a Warner Discovery acha que a franquia foi muito mal manejada até aqui e quer explorar de maneira mais assertiva o infinito potencial dos heróis da DC Comics no cinema, especialmente, de seus icônicos personagens principais, o que inclui o Batman e o Superman.

Talvez – e as notícias recentes reforçam isso – a nova Warner esteja se empenhando nos bastidores (e sem grandes alardes) para refazer o DCU das lambanças do passado e do fiasco da Liga da Justiça de Zack Snyder e Joss Whedon.

Com isso, devemos considerar que os planos que levaram à The Flash e até à ideia da substituição de Affleck por Keaton estejam sendo revistos e alterados e o futuro do DCU não seja aquele que as pessoas pensam.

Aquaman e o Reino Perdido é dirigido por James Wan, tem no elenco Jason Momoa, Amber Heard, Willem Dafoe, Yahya Abdul-Mateen II e Patrick Wilson, e a estreia está marcada para 17 de março de 2023.