Michelle Obama And Disney CEO Robert Iger Hold News Conference On Disney's Nutritional Guidelines
Bob Iger assume a culpa pelos problemas da LucasFilm, mas vai resolvê-los!

O The Hollywood Reporter fez uma longa entrevista com Bob Iger, o CEO da The Walt Disney Company, abordando vários temas importantes relacionados ao conglomerado de entretenimento, como a compra da 20th Century Fox, os filmes dos X-Men no Marvel Studios, o novo canal de streaming da Disney, a demissão de James Gunn de Guardiões da Galáxia Vol. 3 e o futuro da franquia Star Wars. É a este último que queremos destacar – porque os outros tópicos já foram abordados em outros posts e apenas confirmam declarações anteriores. O chefão confirma que o universo espacial criado por George Lucas irá desacelerar agora, em consequência da má bilheteria de Han Solo – Uma História Star Wars, que fracassou em agradar os fãs e a crítica em maio deste ano.

Star-Wars-Han-Solo cinema poster
Han Solo fracassou.

O filme derivado sobre o famoso personagem da saga espacial vivido por Harrison Ford nos filmes clássicos, ganhou um prelúdio com o jovem ator Aldren Ehrenreich, mas uma produção cheia de problemas: os diretores Phil Lord e Chris Miller (de The Lego Movie) foram simplesmente demitidos depois de gravarem 3/4 do longa e substituídos de última hora por Ron Howard (O Código Da Vince, Frost/ Nixon) que refez algo como 70% das filmagens, o que apertou o cronograma, já que a data de lançamento foi mantida.

O resultado é que o filme não agradou. Não faz jus à saga Star Wars, especialmente, ao novo momento da franquia que resultou em enormes sucessos de bilheteria: os três filmes anteriores lançados ultrapassaram a marca de 1 bilhão de dólares em arrecadação e dois deles atingiram 2 bilhões!

rogue onde banner with caracters
Rogue One deu certo, mas poderia ter dado muito errado.

Mas nem tudo são rosas: Rogue One – Uma História Star Wars foi o primeiro produto da linha chamada Star Wars Anthology, da qual Han Solo é o segundo produto, em que se espera explorar histórias (especialmente do passado) sobre personagens secundários ou eventos não bem explorados nos filmes principais. Contudo, embora com mais de 1 bilhão em bilheteria e muito bem-recebido por público e crítica, a produção já havia sido extremamente complicada, com um grande volume de refilmagens que refizeram o final do longa – e dizem que trocou até de diretor, embora isto nunca foi confirmado. De certo modo, podemos pensar que Rogue One deu certo, mas passou muito perto de uma catástrofe.

Han Solo não teve a mesma sorte. Com uma produção ainda mais turbulenta, o resultado foi simplesmente ruim. (Veja a Resenha do HQRock sobre o filme!).

star wars the last jedi luke principal
Luke Skywalker em Os Últimos Jedi: controverso!

Para completar, embora Star Wars – Os Últimos Jedi tenha feito um sucesso incrível, ultrapassando os US$ 2 bilhões em bilheteria, a recepção do filme não foi unanimidade, pois uma quantidade imensa de fãs, principalmente os mais antigos e fieis, ficaram extremamente infelizes com o tratamento dado ao herói máximo da saga, Luke Skywalker, na trama – ainda mais com seu final!

(Veja a Resenha do HQRock para Star Wars – Os Últimos Jedi)

Esses dois obstáculos alertaram a Disney, que comprou a LucasFilm em 2013. Especialmente, a péssima bilheteria de Han Solo.

bob-iger-780x439Questionado pelo THR sobre o fato de que muitos acreditavam que Star Wars não teria mais um filme por ano com vinha desde 2015, Bob Iger confirmou:

Eu fiz uma decisão sobre o tempo e, quando eu olhei para trás, acho que o erro que eu fiz – eu assumo a culpa – é que foi um pouco demais, rápido demais. Você pode esperar uma desaceleração, mas isto não significa que não teremos mais filmes. J.J. [Abrams] está ocupado fazendo [Episódio] IX. Temos entidades criativas [funcionando], que incluem [o criador de Games of Thrones, David] Benioff e [D.B.] Weiss, que estão desenvolvendo sagas próprias, que ainda não fomos específicos sobre o que são. Estamos justamente no ponto em que vamos começar a tomar decisões sobre o que virá depois de J.J. [o lançamento de Episódio IX, que encerrá a última trilogia da saga principal, que já teve O Despertar da Força e Os Últimos Jedi]. Mas acho que seremos um pouco mais cuidadosos sobre quantidade e tempo. Eu assumo essa responsabilidade.

Iger sempre parece sensato em suas declarações. O executivo deixa claro que irá ter mais cuidado com o que é aprovado em relação à LucasFilm. Assim, outros episódios programados de Star Wars Anthology, como um focado no Mestre Jedi Obi-Wan Kenobi e mais outro no caçador de recompensas Boba Fett não devem ser liberados agora. O primeiro ainda tem alguma chance, tendo em vista o carisma do ator Ewan McGregor (que voltaria ao papel após vivê-lo na Trilogia Prelúdio dos anos 2000) e a popularidade do personagem nas novas gerações (que o viram especialmente na série de TV em desenho animado Star Wars – Clone Wars). Quanto ao segundo, as chances de chegar às telonas nesta conjuntura é praticamente zero.

young obi-wan kenobi with lightsaber
O Obi-Wan Kenobi de Ewan McGregor. 

Obi-Wan ainda pode ir aos cinemas em 2020 ou 2021, mas a Disney deverá investir nas novas sagas, com novos personagens, novas histórias e num tempo diferente da saga principal da franquia.